Ecoprogresso

GVC

Porque os stakeholders se preocupam.

Em primeiro lugar porque o clima é de todos. E é por isso que a opinião pública se encontra tão preocupada e atenta. A grande maioria dos estudos de opinião revelam que as alterações climáticas estão no topo das preocupações dos cidadãos. Em 2007, a publicação de milhares de artigos em todos os jornais e revistas, desde o mais sério jornal económico ao mais sensacionalista jornal diário, passando pela rádio e televisão, serve de termómetro para perceber a preocupação da opinião pública face ao aquecimento global. É por isso que as alterações climáticas fazem agora parte das principais preocupações dos mais altos níveis dos governos de todo o mundo e é por isso que as empresas que primam por manter o seu papel de liderança encaram de frente e com confiança este desafio. A GVC é hoje um elemento chave da estratégia de sustentabilidade e responsabilidade de qualquer empresa.

Porque permite uma abordagem integrada à gestão ambiental, com retorno do investimento.

Ao gerir as emissões de carbono tocamos na grande maioria dos aspectos ambientais que preocupam as empresas:

• Consumo de electricidade e outros tipos de energia;
• Manutenção dos equipamentos de climatização e refrigeração;
• Gestão das frotas automóveis e consumo de combustível;
• Gestão das viagens de negócios;
• Consumo de papel;
• Gestão de resíduos.

A GVC é portanto, um excelente elemento agregador de um conjunto de medidas dispersas que as empresas vão tomando numa assumpção mais tímida das suas preocupações ambientais.

Respondendo a uma das principais preocupações dos gestores das empresas, a GVC permite reduzir custos de exploração ao encontrar soluções de eco-eficiencia, nomeadamente em matéria de aumentos da eficiência energética. Os investimentos efectuados pagam-se normalmente a curto e médio prazo, pelo que fazem todo o sentido económico.

Porque reforça a liderança e a competitividade.

Melhor que demonstrar como é que a GVC reforça a liderança e a competitividade, damos alguns exemplos de empresas – reconhecidas mundialmente como líderes – que adoptaram estratégias de GVC.

HSBC:

Sir John Bond, HSBC group chairman, sums up the business benefits when he said: “HSBC has a deep and longstanding commitment to the environment, and it is our judgement that climate change represents the largest single environmental challenge this century. It will have an impact on all aspects of modern life. It is therefore a major issue for our customers and our staff, as well for every organisation on the planet, no matter how large or how small.” Francis Sullivan, Director de Ambiente do HSBC.
[saber mais]

Sonae Sierra

A Sonae Sierra tem apresentado desde há muito as boas práticas ambientais como um dos seus valores corporativos […] Procedemos à revisão da nossa estratégia em matéria de ambiente, dedicando maior atenção às Alterações Climáticas, Água, Resíduos e Uso do Solo e, mais importante ainda, registámos tendências positivas ao nível da eficiência energética, eficiência no consumo de água e reciclagem de resíduos nos centros. Faz parte da nossa filosofia alargar os limites das melhores práticas e inspirar os nossos colaboradores e os nossos prestadores a fazer o mesmo, liderando como exemplo. Também faz parte da nossa cultura estarmos entusiasmados sobre o futuro e encontrar soluções, a longo prazo, para os desafios críticos do nosso tempo, tais como as alterações climáticas e o excessivo consumo de recursos. (Álvaro Portela, CEO da Sonae Sierra).
[saber mais]

Porque antecipa o Futuro.

© Ecoprogresso. All rights reserved. (QD IT)